Melo e Kubot enfrentam dupla francesa na estreia do Masters 1000 de Paris nesta quinta-feira

Melo e Kubot são cabeças de chave 2 em Paris (Foto: Christian Hofer / Divulgação)
O Masters de Paris é o último ATP 1000 da temporada 2017. Ele está sendo disputado desde segunda-feira (30), na capital francesa. E, nesta quinta-feira (2), Marcelo Melo e Lukasz Kubot farão sua estreia no torneio, realizado em quadras duras e cobertas. Em partida programada para a Quadra 2, após as 14h30 (horário de Brasília), a dupla – cabeça de chave número 2 – enfrentará os franceses Richard Gasquet e Lucas Pouille, que nesta terça-feira (31) venceram Mate Pavic (Croácia)/Nenad Zimonjic (Sérvia), por 2 sets a 1 (3/6, 6/4 e 10-5) . O jogo é válido pela segunda rodada – Melo e Kubot foram bye na primeira.

Melo foi campeão na França em 2015, jogando com o croata Ivan Dodig. No ano passado, chegou às semifinais, assim como em 2012 e 2013. “Acredito que eu e o Kubot estamos muito bem preparados para jogar aqui em Paris. Vamos com tudo em busca de vitórias, focando agora nesta estreia”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Depois de Paris, as oito melhores parcerias do ano se reúnem em Londres, na Inglaterra, para o ATP Finals, competição que encerra a temporada, a partir do dia 12 de novembro. Melo e Kubot formam a dupla número 1 do mundo na Corrida para Londres. Eles lideram o ATP Doubles Team Race to London, já classificados para o ATP Finals. No ranking mundial individual de duplas, Melo ocupa o terceiro lugar, enquanto Kubot é o quarto.

Melo e Kubot estão fora do ATP 500 de Viena

Melo e Kubot perderam nas quartas de final (Foto: Leo Hagen / Divulgação)
A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot, cabeça de chave número 1, foi derrotada pelo indiano Rohan Bopanna e o uruguaio Pablo Cuevas nesta quinta-feira (26) e está fora do ATP 500 de Viena, na Áustria. Em partida válida pelas quartas de final, Bopanna e Cuevas venceram por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (3-7), 6/4 e 10/8, em 1h40min, em jogo equilibrado e definido nos detalhes. Agora, Melo e Kubot, que tinham sido campeões das duas últimas edições em Viena, seguem para a França, onde a partir da próxima semana disputam o Masters 1000 de Paris.

O primeiro set do jogo foi muito equilibrado, com as duas duplas mantendo os seus serviços e levando a definição para o tie-break, quando Melo e Kubot conseguiram impor seu jogo e fechar em 7/6 com 7-3.

No segundo set, logo no primeiro game, Bopanna e Cuevas quebraram para, na sequência, abrir 2 a 0. Melo e Kubot foram em busca da reação e empataram em 2/2. Mas, um novo break, em seguida, voltou a colocar os adversários em vantagem e, no final, marcaram 6/4 para empatar e levar a partida para o match tie-break.

Quem começou melhor o match tie-break foi a dupla Bopanna/Cuevas, que chegou a abrir 5/1. Melo e Kubot reagiram e empataram em 6/6. Aí, o final do jogo ficou bastante equilibrado, com chances dos dois lados. Mas, quando a partida estava empatada em 8/8, os adversários conseguiram marcar 9/8 e sacar para fazer 10/8, comemorando a vaga na semifinal.

“Acho que jogamos muito bem no geral. A partida, realmente, foi decidida nos detalhes. Pra lá, pra cá, e eles acabaram levando a melhor. Mas, de qualquer maneira, foi um grande torneio, tivemos dois bons jogos e acredito que estamos indo muito bem preparados para Paris, onde é o principal torneio deste giro atual e nós vamos com tudo”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Kubot formam a dupla número 1 do mundo na Corrida para Londres. Eles lideram o ATP Doubles Team Race to London, já classificados para o ATP Finals, que reunirá as oito melhores parcerias do ano, a partir do dia 12 de novembro, na Inglaterra. No ranking mundial individual de duplas, Melo ocupa o terceiro lugar, enquanto Kubot é o quarto.