Copa Davis: Melo e Demoliner defendem o Brasil neste sábado na República Dominicana

Marcelo está treinando desde o início da semana em Santo Domingo (Foto: CBT / Divulgação)
Marcelo Melo e Marcelo Demoliner entram em quadra neste sábado (3), em Santo Domingo, na República Dominicana, para enfrentar a dupla Nick Hardt e Jose Olivares, na terceira partida do confronto entre Brasil e República Dominicana, pela primeira rodada do Zonal das Américas da Copa Davis 2018. O jogo será realizado a partir das 17h (horário de Brasília), abrindo a programação do dia, nas quadras rápidas do Club Deportivo Naco. O SporTV 3 e a Bandsports prometem transmitir a partida ao vivo.

O mineiro Melo- atual número 1 do ranking mundial individual de duplas da ATP – e o gaúcho Demoliner – 43 do mundo, que faz sua estreia na competição – estão treinando juntos desde o início da semana, em Santo Domingo, para defender o Brasil e jogam como favoritos. Hardt ocupa a colocação de número 1.342 na ATP e, Olivares, a de 784.

“A expectativa é muito boa. Temos treinado muito bem e as condições da quadra são também muito boas. Eu e o Demoliner pudemos fazer alguns sets aqui e a gente vem jogando bem. Acho que temos um entrosamento muito bom. Vamos tentar colocar isso em prática no sábado. Então está tudo indo de acordo com o planejado”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

O confronto inédito entre brasileiros e dominicanos começou a ser disputado nesta sexta-feira (2), com os dois primeiros jogos de simples (o paulista João Pedro Sorgi contra Jose Hernandez e o cearense Thiago Monteiro diante de Roberto Cid). Após a dupla, neste sábado, a programação terá as duas últimas partidas de simples (Monteiro x Hernandez e Sorgi x Cid).

Se vencer a República Dominicana, o Brasil jogará contra o ganhador de Colômbia e Barbados, em busca de uma vaga no playoff para o Grupo Mundial.

Depois, Roterdã, com Kubot – Após a Davis, Melo segue para a Europa. Em Roterdã, na Holanda, ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot, ele disputará o ATP 500 de Roterdã, a partir do dia 12, terceiro torneio do circuito em 2018 – antes, em janeiro, foram campeões do ATP 250 de Sidney e chegaram às quartas de final do Australian Open, na Austrália.

Marcelo Melo confirma presença no Rio Open em fevereiro

Marcelo e Kubot chegaram às quartas de final no ano passado (Foto: João Pires / Fotojump)
O mineiro Marcelo Melo estará nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro, para a disputa da edição 2018 do Rio Open, entre os dias 19 e 25 de fevereiro. Ele confirmou presença no ATP 500, que joga desde que foi realizado pela primeira vez na cidade, em 2014, e ainda irá definir se terá ao lado seu parceiro polonês, Lukasz Kubot, ou outro duplista, em busca do primeiro título no torneio.

Atual líder do ranking mundial individual de duplas – juntamente com Kubot, recordista brasileiro em número de títulos da ATP no circuito – com 29 – e em semanas no topo do ranking – com 44 na carreira alcançadas nesta segunda-feira (29), Melo não esconde a felicidade em voltar a jogar no Brasil.

“Vou ficar muito feliz, mais uma vez, de poder estar jogando o Rio Open, que é um torneio muito especial para nós brasileiros, ainda mais por ser no Rio de Janeiro, uma das cidades mais bonitas do mundo. Muita gente gosta de lá, quer vir. Os jogadores também sabem o quanto é legal poder participar no Brasil. Então vai ser mais um momento especial, em um torneio que cuida muito bem dos jogadores. Em 2015, eu tive a surpresa de ser homenageado por ter sido número 1 do mundo na época. Fico contente de estar participando novamente”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Melo foi vice-campeão na primeira edição do Rio Open, em 2014, jogando com o espanhol David Marrero, seu melhor resultado no torneio. No ano passado, com Kubot, chegou às quartas de final.

Davis, Roterdã e Rio – Nesta semana, Melo está em Santo Domingo, na República Dominicana, para o confronto pelo Zonal das Américas da Copa Davis. O Brasil enfrenta a República Dominicana nesta sexta-feira (2) e no sábado (3). Melo defende o País em parceria com o gaúcho Marcelo Demoliner, no sábado. Em seguida, com Kubot, jogará o ATP 500 de Roterdã, na Holanda, a partir do dia 12 de fevereiro, viajando depois para o Rio.

Melo e Kubot começaram a temporada na Austrália, onde foram campeões do ATP 250 de Sidney e, na sequência, chegaram até as quartas de final do Australian Open, primeiro Grand Slam de 2018.