O campeão Marcelo Melo participa de Jantar de Gala de Wimbledon e curte momento especial na Europa

Melo e Kubot, ao lado dos troféus no Jantar de Gala (Foto: Divulgação)
Após a conquista do tradicional torneio de Wimbledon, o tenista mineiro Marcelo Melo continuou vivendo momentos muito especiais, em Londres, na Inglaterra. O domingo (15), dia seguinte ao título, foi de mais comemoração, dando sequência a toda a emoção vivida na quadra central do All England Club. À noite, junto com seu parceiro Lukasz Kubot e todos os campeões desta edição 2017 do Grand Slam inglês, Melo participou do Jantar de Gala, que encerrou a competição.

“O jantar foi um momento único, que eu vou guardar para o resto da vida junto com o título e tudo o que vivi aqui. Poder desfrutar daquele encontro, em um lugar tão especial, com os outros campeões, tanta gente do clube, membros de Wimbledon presentes. Pude aproveitar ao máximo. Participar de uma confraternização assim, do jantar de campeões de Wimbledon, vou levar para sempre. E o mais importante é fazer parte, poder entrar para a história do torneio junto com eles. Estou muito feliz”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

Campeão de Wimbledon, novo número 1 do ranking mundial individual de duplas e o recordista brasileiro em número de títulos na carreira, com 27, Melo volta ao Brasil trazendo todas essas conquistas. O tenista, que permanece na Europa cumprindo alguns compromissos, chega ao País nesta quinta-feira (20).

No ranking divulgado nesta segunda-feira (17), Melo aparece como novo número 1, com 9220 pontos, 1280 pontos à frente do finlandês Henri Kontinen. Seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, subiu de oitavo para quarto lugar, agora com 7140 pontos.

Juntos, são cada vez mais líderes do ATP Doubles Team Race to London, que define as oito melhores parcerias de 2017 para disputar o ATP Finals, somando 6160, com 2090 a mais do que a dupla segunda colocada, formada por Kontinen e o australiano John Peers.

Esta é a segunda vez que Marcelo Melo ocupa a liderança do ranking mundial individual de duplas. A primeira foi em novembro de 2015, permanecendo como número um por 26 semanas. Nesse ano foi campeão de seu primeiro Grand Slam: Roland Garros, em Paris, na França.

Melo retorna ao País com uma invencibilidade de 14 partidas em quadras de grama e três títulos nesse piso, em trajetória que começou com o ATP 250 de ‘s’Hertogenbosch, na Holanda, passou pelo ATP 500 de Halle, na Alemanha, e terminou de forma brilhante em Wimbledon.