Com ombro machucado, Melo para na primeira rodada do Masters 1000 de Roma

Dupla, agora, definirá se joga Hamburgo na próxima semana (Foto: Divulgação)
Marcelo Melo e Lukasz Kubot pararam nesta quarta-feira (16) na primeira rodada do Masters 1000 de Roma, disputado no Foro Italico, na capital italiana. Um jogo em que Melo entrou em quadra sem estar 100%, com o ombro direito machucado. Assim, os franceses Nicolas Mahut e Benoit Paire marcaram 2 sets a 1, parciais de 7/6 (8-6), 2/6 e 10-6, em 1h40min. Foi a estreia de Melo e Kubot, que jogaram como cabeças de chave número 3, na gira europeia no saibro.

“Foi um jogo muito duro. De qualquer maneira, eu não estava 100%, com o ombro machucado, fazendo fisioterapia. Agora, vou continuar tratando, para ver se consigo me recuperar a tempo de jogar Hamburgo, na semana que vem. Senão, o próximo torneio será Roland Garros”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

“Praticamente não consegui sacar, jogava mais com o segundo saque. Vamos torcer para que melhore e dê tudo certo. Era também um jogo muito difícil. Mahut joga muito bem, todos sabem, Benoit é um jogador perigoso. E, infelizmente, não deu para nós”, completou Marcelo.

Os próximos torneios do calendário são o ATP 500 de Hamburgo, na Alemanha, a partir da próxima segunda-feira (21), e Roland Garros, Grand Slam na capital francesa, com início no dia 27 deste mês.

Definição no match tie-break – O jogo teve um primeiro set muito disputado, com várias chances de quebras para as duas duplas, em que Melo e Kubot chegaram a salvar dois set points, no nono game. Os franceses conseguiram o break logo no início, para fazer 2/1, e mantiveram vantagem até o décimo game, quando Melo e Kubot devolveram a quebra e empataram em 5/5. Com 6/6, a definição foi para o tie-break. Muito equilíbrio, mas a vitória foi dos franceses, fechando a série em 7/6 (8-6).

No segundo set, reação. Depois de Mahut e Paire salvarem a primeira oportunidade de break, Melo e Kubot quebraram no quinto e no sétimo games, abrindo 5/2. E, sem dar chances aos adversários, dominaram a série e venceram por 6/2 para empatar o jogo e levar a decisão para o match tie-break, em que os franceses fizeram 10-6 para avançar no torneio.

Melo e Kubot enfrentam Mahut e Paire nesta quarta-feira na estreia no Masters 1000 de Roma

Dupla volta ao saibro, agora em Roma (Foto: Fotojump)
A gira europeia no saibro começa nesta quarta-feira (16) para Marcelo Melo e Lukasz Kubot. A dupla – cabeça de chave número 3 – enfrentará os franceses Nicolas Mahut e Benoit Paire por volta das 8h (horário de Brasília), na primeira rodada do Masters 1000 de Roma, no Foro Italico, na capital italiana. O torneio será disputado até o dia 21 deste mês, sem a presença de público, seguindo os protocolos de retomada do tênis em meio à pandemia da Covic-19. Melo e Kubot foram semifinalistas na edição 2019.

“Após os treinos desde a chegada aqui, é ir em busca agora de um bom resultado nesta estreia em Roma”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Kubot retornaram ao circuito em agosto, na retomada dos torneios nos Estados Unidos após a pausa por causa da pandemia, com as disputas do Masters 1000 de Cincinnati e do US Open, ambos em Nova Iorque.

O ranking voltou a ser atualizado pela ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) a partir de Cincinnati. No ranking mundial individual de duplas divulgado nesta semana, Melo e Kubot estão empatados em sétimo lugar, com 5.140 pontos. Na Corrida para Londres, parceria ocupa a décima colocação, com 905 pontos.