Melo e Klaasen estreiam com vitória na abertura da temporada de grama na Holanda

Melo, feliz com atuação da dupla na estreia (Foto Thiago Ribeiro – @agothi21)
Após dois adiamentos em função das chuvas, o mineiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen estrearam com vitória no ATP 250 de ‘s-Hertogenbosch, na Holanda, primeiro torneio da temporada de grama. Em um jogo muito disputado, nesta quinta-feira (9), Melo e Klaasen derrotaram os belgas Sander Gille e Joran Vliegen por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (15-13) e 6/4, em 1h34min, garantindo vaga nas quartas de final.

Na próxima rodada, nesta sexta-feira (10), por volta das 7h30 (horário de Brasília), a dupla enfrenta os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut – cabeças de chave 1 -, que venceram os holandeses Gijs Brouwer e Tim Van Rijthoven por 2 a 0 – 7/6 (9-7) e 6/4.

“Hoje foi muito bom. Acho que jogamos muito bem. Era um jogo duro contra os belgas. Foi realmente um bom resultado. Estávamos perdendo o primeiro set 6/5, 40 a 0, eles sacando, ficamos no game, conseguimos quebrar de volta. Estamos muito felizes. Aproveitamos as oportunidades. No primeiro set um tie-break longo, em que salvamos alguns set-points”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

“Foi um prazer voltar a jogar com o Raven. Estivemos em dois torneios seguidos em 2015. Então, esperamos continuar assim, jogando dessa maneira. Temos uma partida duríssima agora pela frente diante dos franceses. Mas é passo a passo, preparando, indo jogo a jogo”, completou.

Um primeiro set muito disputado marcou a estreia da dupla Melo e Klaasen na grama. Os adversários conseguiram quebrar no décimo primeiro game, 6/5, sacando para fechar. Mas, o mineiro e o sul-africano salvaram três set-points, devolveram o break e levaram a definição para o tie-break, onde o equilíbrio continuou. Melo e Klaasen venceram por 15-13, após mais quatro set-points salvos. No segundo, novamente, um set disputado decidiu o jogo. As duas duplas mantiveram seus serviços até o nono game, quando Melo e Klaasen aproveitaram a chance de quebra, fizeram 5/4 e fecharam em seguida, 6/4.

O torneio é preparatório para Wimbledon, Grand Slam que será realizado entre os dias 27 deste mês e 10 de julho. Melo foi campeão em S-Hertogenbosch em 2017, jogando ao lado do polonês Lukasz Kubot, seu primeiro título na grama.

Melo e Klaasen já jogaram juntos por duas semanas, em 2015, comemorando dois títulos: no Masters 1000 de Xangai, na China, e no ATP 500 de Tóquio, no Japão.

Depois da Holanda, seguem para o ATP 500 de Halle, na Alemanha, de 13 a 19 deste mês, e em seguida para o ATP 250 de Eastbourne, na Inglaterra, entre os dias 20 e 25, até chegarem a Wimbledon, Grand Slam em que Melo foi campeão na edição 2017, com Kubot.

Melo ocupa a 40ª colocação no ranking mundial individual de duplas divulgado na segunda-feira (6) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.205 pontos. Klaasen, 39 anos, é o atual número 44 do mundo, com 1.958 pontos.

Chuva adia mais uma vez estreia de Melo e Klaasen na Holanda

Melo tem início da temporada na grama duas vezes adiado (Foto Divulgação)
Depois de ter a estreia adiada de terça-feira (7) para esta quarta-feira (8), mais uma vez o mineiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen não conseguiram entrar na quadra no ATP 250 de S-Hertogenbosch, na Holanda. Se na terça faltou luz natural para a realização do jogo diante dos belgas Sander Gille e Joran Vliegen, nesta quarta a chuva interrompeu logo as primeiras partidas do dia, forçando o cancelamento de parte da programação, incluindo o jogo de Melo e Klaasen. Agora, será nesta quinta-feira (9), por volta das 8h (horário de Brasília).

As chuvas vêm prejudicando a programação do torneio desde o início, seja pela interrupção e adiamento dos jogos, seja pelo acúmulo de partidas para o próximo dia.

O ATP 250 na Holanda marca o início da temporada de grama para a dupla. Melo – que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis – foi campeão em S-Hertogenbosch em 2017, jogando ao lado do polonês Lukasz Kubot, seu primeiro título na grama.