Melo e Kubot estreiam nesta segunda-feira na Holanda no início da temporada na grama

Depois do saibro, o primeiro torneio na grama (Foto: Aliny Calejon)
A temporada de grama de 2019 começa nesta segunda-feira (10) para Marcelo Melo e Lukasz Kubot. Principal cabeça de chave do ATP 250 de s-Hertogenbosch, dupla estreia nesta segunda-feira (10) na Holanda diante do monegasco Romain Arneodo e do francês Pierre-Hugues Herbert. O jogo, válido pela primeira rodada, está marcado para as 7h (horário de Brasília). Melo e Kubot foram campeões em 2017 no torneio holandês, ano em que conquistaram o título de Wimbledon. Em 2018, chegaram às semifinais.

“Estamos vindo de uma boa sequência no saibro e, agora, é ir em busca da primeira vitória na grama, jogando na nossa melhor superfície”, afirma Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais e Confederação Brasileira de Tênis.

Foram cinco torneios na gira no saibro e um balanço positivo, que dão confiança para a sequência da temporada: boas atuações e 10 vitórias, com quartas de final no ATP 500 de Barcelona e nos Masters 1000 de Monte Carlo e Madri; semifinal no Masters 1000 de Roma e oitavas de final no Grand Slam, em Roland Garros. Na grama, após s-Hertogenbosch, Melo e Kubot estarão no ATP 500 de Halle, na Alemanha, e depois no Grand Slam, em Wimbledon, em Londres, Inglaterra,

No ranking mundial individual de duplas da ATP, Melo é o quarto colocado, com 6.070 pontos. Kubot aparece em segundo, com 6.340. Na Corrida para Londres estão em quinto lugar, com 1.770 pontos.

Em Roland Garros, Melo e Kubot param nas oitavas de final

Balanço positivo da dupla no saibro. Agora, a grama (Foto: Peters Staples / ATP Tour)
Em um jogo decidido nos detalhes, o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot – cabeças de chave número 1 – pararam nas oitavas de final de Roland Garros, neste sábado (1º), em Paris. Os franceses Jeremy Chardy e Fabrice Martin marcaram 2 sets a 1, parciais de 5/7, 6/2 e 6/3, em 1h59min, para avançar no Grand Slam, na França. Depois de boas atuações no saibro, Melo e Kubot começam a se preparar agora para a temporada de grama. O primeiro torneio da dupla será na Holanda, o ATP 250 de s-Hertogenbosch, a partir do dia 10.

“Hoje foi mais um bom jogo. Acho que conseguimos jogar bem, em teoria, dois sets, o primeiro e o terceiro. Foi um detalhe, um break point no terceiro, que definiu. O segundo foi muito aquém do que vínhamos mostrando. O primeiro estávamos bem, recuperamos o break e fechamos. Depois acabamos baixando e eles aproveitaram a chance. No terceiro, de novo, mais uma chance. Uma dupla realmente dura, os dois sacam muito bem e acabam pressionando a gente mais ainda no saque”, analisou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais e Confederação Brasileira de Tênis.

“De qualquer maneira foi uma boa sequência no saibro, fizemos bons jogos, uma pena ter saído agora. Mas, vamos descansar um pouquinho e começar a preparação para jogar nossa melhor superfície, que é a grama, a partir do próximo torneio”, completou Marcelo, campeão em Roland Garros, ao lado do croata Ivan Dodig, em 2015.

Foram cinco torneios na gira no saibro, incluindo o Grand Slam, e um balanço positivo: boas atuações e 10 vitórias, com quartas de final no ATP 500 de Barcelona e nos Masters 1000 de Monte Carlo e Madri; semifinal no Masters 1000 de Roma e, agora, oitavas em Roland Garros.

O jogo – Melo e Kubot saíram de uma desvantagem de 3/0 no início do primeiro set, com uma quebra dos franceses no segundo game, para reequilibrar a série, devolvendo o break no sétimo game e quebrando novamente para passar à frente 6/5, confirmando o serviço para fechar em 7/5. No segundo, não conseguiram manter o mesmo ritmo e viram Chardy e Martin quebrarem duas vezes – no quarto e oitavo games – para marcar 6/2 e empatar o jogo. No terceiro, um único break, no sexto game, deu a vitória na sequência aos franceses, 6/3, e a vaga nas quartas de final.