Melo e Kubot enfrentam Koolhof e Mektic nesta quinta-feira no ATP Finals

Dupla disputa quarto Finals junta (Foto: Bildagentur Zolles KG / Christian Hofer)
O mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot entram em quadra nesta quinta-feira (19)  para o seu terceiro jogo do Grupo Mike Bryan do ATP Finals. Sem chances de classificação para a semifinal, Melo e Kubot encerram a primeira fase e sua participação no torneio enfrentando o holandês Wesley Koolhof e o croata Nikola Mektic, às 9h (horário de Brasília), na O2 Arena, em Londres, na Inglaterra. Dupla busca a primeira vitória na edição deste ano. A rodada do grupo termina às 15h, com o jogo do norte-americano Rajeev Ram e do britânico Joe Salisbury diante dos alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies. Melo disputa seu oitavo Finals seguido, quarto ao lado de Kubot. 

Melo e Kubot são superados por Krawietz e Mies no ATP Finals

Dupla entrou em quadra nesta terça-feira pela segunda rodada (Foto: Divulgação / ATP)
O jogo entre o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukas Kubot diante dos alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies abriu nesta terça-feira (17) a segunda rodada do Grupo Mike Bryan do ATP Finals. Krawietz e Mies marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 7/6 (7-5), em 1h22min, e Melo e Kubot dependem agora de uma combinação de resultados para chegar à semifinal do torneio, na O2 Arena, em Londres, na Inglaterra. Nesta terça à tarde jogam ainda o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury diante do holandês Wesley Koolhof e do croata Nikola Mektic. A terceira e última rodada do grupo será nesta quinta-feira (19), quando Melo e Kubot enfrentam Koolhof e Mektic.

“Hoje eles começaram bem, dominaram o primeiro set. No segundo conseguimos entrar em jogo, tivemos algumas poucas chances. Porém, eles foram melhores no geral”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

Um primeiro set com quebras para as duas duplas e um segundo sem chances de breaks, decidido no tie-break. No primeiro, os alemães quebraram duas vezes, chegando a abrir 4/1. Melo e Kubot devolveram um dos breaks e sacaram em 4/2. Mas, uma nova quebra fez os adversários marcarem 5/2 e fecharem em 6/2. No segundo, muito equilíbrio, com as duas parcerias mantendo seus serviços, sem dar oportunidades de break, 6/6. No tie-break, Krawietz e Mies fizeram 3/0, Melo e Kubot reagiram no décimo primeiro ponto, encostando, mas com novo mini break os alemães marcaram 7-5 e definiram o resultado.