Melo e Klaasen param na semifinal na Holanda

Melo disputou o primeiro torneio na grama (Foto Thiago Ribeiro – @agothi21)
Após uma semana de boas atuações, o mineiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen pararam neste sábado (11) na semifinal do ATP 250 de ‘s-Hertogenbosch, primeiro torneio da temporada de grama. Os australianos Matthew Ebden e Max Purcell – cabeças de chave 4 – marcaram 2 sets a 1, de virada, parciais de 1/6, 7/5 e 10-6, em 1h18min, para avançar para a final na Holanda.

Melo e Klaasen começaram o jogo não dando qualquer chance aos adversários. Com duas quebras, marcaram 6/1 para sair na frente na semifinal. Mas, em um set equilibrado, os australianos empataram a partida, quebrando no décimo segundo game para fazer 7/5 e levar a definição para o match tie-break, em que conseguiram a virada, vencendo por 10-6 e garantindo vaga na decisão.

O mineiro e o sul-africano retomaram a parceria para a temporada deste ano na grama, após terem jogado juntos por duas semanas em 2015, comemorando dois títulos: no Masters 1000 de Xangai, na China, e no ATP 500 de Tóquio, no Japão.

Melo – que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis – ocupa a 40ª colocação no ranking mundial individual de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.205 pontos. Klaasen é o atual número 44 do mundo, com 1.958 pontos.

Melo e Klaasen vencem os principais favoritos e buscam vaga na final na Holanda

Melo volta à quadra nesta sábado (Foto: Divulgação)
Mais uma vez jogando muito bem, o mineiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen garantiram a segunda vitória na Holanda e estão na semifinal do ATP 250 de ‘s-Hertogenbosch, primeiro torneio da temporada de grama. Em seu segundo jogo juntos, Melo e Klaasen derrotaram os principais favoritos para avançar na disputa. Nesta sexta-feira (10), marcaram 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8-6) e 6/4, em 1h28min, diante dos cabeças de chave 1, os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, mostrando a mesma confiança da partida de estreia.

Em busca da vaga na final, neste sábado (11), às 7h (horário de Brasília), Melo e Klaasen enfrentarão os australianos Matthew Ebden e Max Purcell – cabeças 4 -, que venceram o monegasco Hugo Nys e o francês Edouard Roger-Vasselin por 2 a 1 – 2/6, 6/4 e 10-7. Melo foi campeão em S-Hertogenbosch em 2017, jogando ao lado do polonês Lukasz Kubot, seu primeiro título na grama.

“Muito feliz com a vitória hoje, com a maneira que jogamos. Acho que estivemos muito bem, do começo ao fim. Aproveitamos as oportunidades, voltamos no jogo depois de estar na frente. Então, foi mais uma bela partida. E diante de Herbert e Mahut, que são excepcionais na grama. Conseguimos imprimir nosso jogo, jogar bem e garantir mais uma vitória. Foi muito bom para nós”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

No primeiro set, Melo e Klaasen quebraram logo no segundo game, abrindo em seguida 3 a 0. Os franceses buscaram a reação, devolveram o break no quinto game, e deixaram tudo igual na sequência, 3 a 3. Depois, as duas duplas mantiveram seus serviços e a série foi decidida no tie-break, com vitória do mineiro e do sul-africano por 8-6. Melo e Klaasen voltaram para o segundo set com o mesmo ritmo e confiança, quebrando no quinto game, 3 a 2. Mantiveram a vantagem e fecharam em 6/4 para seguir no torneio.

Melo e Klaasen retomaram a parceria para a temporada deste ano na grama, após terem jogado juntos por duas semanas em 2015, comemorando dois títulos: no Masters 1000 de Xangai, na China, e no ATP 500 de Tóquio, no Japão. Depois da Holanda, seguem para o ATP 500 de Halle, na Alemanha, de 13 a 19 deste mês, e em seguida para o ATP 250 de Eastbourne, na Inglaterra, entre os dias 20 e 25, todos torneios preparatórios para Wimbledon, Grand Slam em que Melo foi campeão na edição 2017, com Kubot.

Melo ocupa a 40ª colocação no ranking mundial individual de duplas divulgado na segunda-feira (6) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.205 pontos. Klaasen, 39 anos, é o atual número 44 do mundo, com 1.958 pontos.