Melo e Kubot buscam vaga na semifinal de Wimbledon nesta terça-feira

Três vitórias e um lugar nas quartas de final (Foto: Divulgação)
Foi mais um jogo duríssimo, decidido após 3h17min, com dois tie-breaks, e o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot estão nas quartas de final do torneio de Wimbledon, em Londres, na Inglaterra. No confronto, que marcou um encontro entre brasileiros, os cabeças de chave número 1 do Grand Slam derrotaram o gaúcho Marcelo Demoliner e o indiano Divij Sharan por 3 sets a 1, parciais de 7/5, 6/7 (8-10), 7/6 (8-6) e 6/3, em mais um passo em busca do sonho do bicampeonato – foram campeões em 2017 na grama sagrada do All England Club. Por um lugar na semifinal, nesta terça-feira (9), por volta das 13h (horário de Brasília), Melo e Kubot enfrentarão os franceses Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin – cabeças 11 -, que ganharam dos irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan – cabeças 7 – também por 3 a 1 – 7/6 (7-3), 6/2, 4/6 e 7/6 (7-5).

“Hoje o jogo foi muito duro, mas ao mesmo tempo o melhor que fizemos. Começamos muito bem e aproveitamos as chances. Tivemos uma ou outra que não aproveitamos, mas faz parte da partida em melhor de cinco. Importante é seguirmos focados e da mesma maneira. Temos realmente um jogo difícil na próxima rodada, mais um, em que precisamos ir com a mesma mentalidade e com o mesmo foco. Montar uma boa estratégia e ir para cima porque as chances vão ser poucas. Eles são grandes amigos, jogam muito bem juntos”, analisou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG, Itambé e Taroii, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, VOSS e Confederação Brasileira de Tênis.

“Temos de estar prontos. Acho que estamos fazendo tudo certo e vamos com tudo. Infelizmente acabamos jogando contra um brasileiro, o Demo. E tivemos muito respeito um pelo outro. Sabemos que dentro da quadra cada um tem de buscar o seu melhor. Mas que a gente continua sendo amigos fora de quadra, o que é muito importante”, completou Marcelo.

O jogo – Três vitórias por 3 a 1 até agora, a primeira em 2h55min e as outras duas em quase três horas e meia de jogo, com muito equilíbrio e disputa para avançar no torneio. No primeiro set, Melo e Kubot abriram 3/0, com uma quebra logo no segundo game. Demoliner e Sharan devolveram o break no sétimo game e, em seguida, deixaram tudo igual, 4/4. Mas, quebrando mais uma vez, no décimo segundo game, os cabeças de chave número 1 marcaram 7/5 para sair na frente.

Na segunda série, Melo e Kubot conseguiram o break no oitavo game, fazendo 5/3 e sacando para fechar mais um set. Só que os adversários devolveram, empatando na sequência em 5/5 e levando a definição para o tie-break, que acabaram vencendo por 10-8, após set points para os dois lados. No terceiro, novo tie-break, depois de uma série sem quebras, desta vez com Melo e Kubot ganhando por 7/6 (8-6). A vitória deu ainda mais confiança à dupla que, com um break no sexto game, 4/2, fechou o quarto set por 6/3, comemorando a vaga nas quartas de final.

Melo e Kubot buscam vaga nas quartas de final de Wimbledon nesta segunda-feira diante de Demoliner e Sharan

As oitavas de final do torneio de Wimbledon terão um confronto entre brasileiros nesta segunda-feira (8). Por volta das 9h (horário de Brasília), na quadra 15 do All England Club, o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot – cabeças de chave número 1 – enfrentam o gaúcho Marcelo Demoliner e o indiano Divij Sharan. O jogo vale vaga nas quartas de final do Grand Slam, em Londres, na Inglaterra. Melo e Kubot foram campeões na edição de 2017 na capital inglesa.