Marcelo Melo na série “Can you name your ATP starting XI?”

O Tennis TV, site oficial com serviço de streaming da ATP World Tour, produziu um divertido vídeo com os brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares, onde os dois montam sua seleção de futebol com os tenistas do ranking mundial. Confira quem foram os onze selecionados pelos dois. Na brincadeira entre os atletas, Bruno Soares se escala como o 11º jogador, mas Marcelo Melo avisa. “O Bruno? Ele vou ter que tirar, porque não faz ideia de como jogar futebol. Mesmo sendo um grande amigo, precisa aprender muito sobre como jogar futebol. Poderia entrar se alguém precisar sair, quem sabe nos cinco minutos finais”, brinca Melo.

Melo enfrenta Dodig, seu ex-parceiro, em busca de vaga nas semifinais de Madri

Melo é o melhor brasileiro no ranking de duplas (Foto: Rudy Trindade/Themapress)

O mineiro Marcelo Melo volta à quadra nesta sexta-feira (12) na Espanha. Em busca de uma vaga nas semifinais do Mutua Madrid Open, o Masters 1000 de Madri, Melo terá pela frente seu ex-parceiro, o croata Ivan Dodig. Nesta temporada, Melo está jogando em dupla com o polonês Lukasz Kubot, enquanto Dodig tem ao seu lado o espanhol Marcel Granollers.

A partida será a primeira marcada para a quadra Arantxa Sanchez Vicario, a partir das 7 horas (Horário de Brasília).

A dupla Melo e Kubot, cabeça-de-chave número quatro do torneio, estreou com uma fácil vitória em Madri, diante dos norte-americanos Brian Baker e Nicholas Monroe, em dois sets. Já Dodig e Granollers – cabeças-de-chave sete – venceram, de virada, Fábio Fognini (Itália) e Treat Huey (Filipinas), por 6/7 (4), 7/5 e 10/6.

No ano passado, Melo jogou em Madri em parceria com Dodig e a dupla chegou às semifinais. Agora, ao lado de Kubot, espera ir além. “Estreamos bem, com um jogo sólido e consistente. E a expectativa é que possamos repetir isso, para vencer e continuar na disputa pelo título deste ano”, destaca Melo, brasileiro mais bem colocado no ranking de duplas, ocupando a quinta colocação. Já Kubot é o atual 12º do mundo.

Melo e Kubot estão na segunda colocação no ranking da ATP Doubles Team Race to London e querem aproveitar as próximas competições para somar pontos que garantam a participação no ATP Finals, que reúne as oito duplas mais bem classificadas ao final da temporada. Eles iniciam por Madri uma gira europeia que terá, ainda, o Masters 1000 de Roma, Roland Garros, Torneio do Queens e Wimbledon.