Melo e Kubot vencem e buscam vaga na final na Alemanha

Sequência de vitórias na preparação para Wimbledon (Foto: Divulgação)
Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão nas semifinais do Gerry Weber Open. Nesta quinta-feira (22), eles derrotaram os espanhóis Roberto Bautista e David Ferrer por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/4, em apenas 55 minutos. A dupla, cabeça de chave número 1 do torneio, volta agora à quadra nesta sexta-feira (23) em busca de uma vaga na final do ATP 500 que está sendo disputado em Halle, na Alemanha. Os adversários serão o francês Fabrice Martin e o espanhol Albert Ramos-Vinolas, que venceram os cabeças de chave 3, o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau por 2 sets a 0, parciais de 7/6(7) e 6/3. A partida está marcada para a quadra 1, a partir das 8h da manhã (horário de Brasília).

Nas quartas de final, nesta quinta-feira, Melo e Kubot não tiveram problemas para passar pela dupla espanhola e avançar às semifinais. Confirmando seu favoritismo, eles dominaram o primeiro set, fechando em fáceis 6/1 após 24 minutos. A segunda série foi um pouco mais equilibrada, mas em nenhum momento o tenista mineiro e seu parceiro polonês tiveram a vitória ameaçada. Eles quebraram o serviço dos adversários para fazer 5/4 e fechar em 6/4.

“Foi um jogo bem parecido com a primeira rodada, com dois jogadores que atuam mais de fundo do que na rede. Mas conseguimos executar muito bem o plano, do início ao fim da partida, e usamos todas as oportunidades que tivemos para quebrar o saque. Foi ótimo, pois continuamos com bom ritmo, aproveitando toda essa confiança dos últimos jogos. Agora é esperar pela semifinal e manter o que temos feito desde a Holanda”, comemorou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

Cada vez mais adaptados à grama – Este é o segundo torneio que Melo e Kubot disputam na grama, como preparação para Wimbledon, terceiro Grand Slam do ano, que será realizado em Londres, na Inglaterra, no início de julho. Na semana anterior, eles foram campeões do Ricoh Open, na Holanda. Desde então, a dupla vem mostrando que está no caminho certo nessa adaptação à grama, com um jogo consistente, concentração e confiança, que têm garantindo as vitórias.

Melo e Kubot estreiam com vitória difícil e estão nas quartas de final na Alemanha

Melo e Kubot bateram Nishikori e Verdasco
A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot precisou de três sets e muita concentração e confiança nos pontos decisivos para garantir uma vaga nas quartas de final do Gerry Weber Open, o ATP 500 que está sendo disputado em Halle, na Alemanha. Nesta quarta-feira (21), em sua estreia no torneio, Melo e Kubot venceram o japonês Kei Nishikori e o espanhol Fernando Verdasco por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 4/6 e 10/8, em 1h23.

Agora, o mineiro Melo e o polonês Kubot – cabeças de chave número 1 – buscam um lugar nas semifinais diante dos espanhóis Roberto Bautista e David Ferrer. A partida está marcada para esta quinta-feira (22), a primeira na programação da quadra 1, a partir das 7h da manhã (horário de Brasília). Este é o segundo torneio que eles disputam na grama, como preparação para Wimbledon, terceiro Grand Slam do ano, que será realizado em Londres, na Inglaterra, no início de julho.

O jogo, válido pela primeira rodada da chave de duplas em Halle, foi definido apenas nos pontos finais do match tie break. Melo e Kubot, motivados pelo título conquistado na grama, na semana anterior, no Ricoh Open, na Holanda, começaram dispostos a confirmar o seu favoritismo e, logo no primeiro game, quebraram o serviço dos adversários para marcar 1/0, abrir 2/0 em um ace de Melo e manter o controle do primeiro set, fechando em 6/4, após 30 minutos.

A segunda série foi muito equilibrada, com as duas duplas mantendo seus saques até o décimo e último game, quando Nishikori e Verdasco conseguiram o break para vencer por 6/4. Empatada, a partida foi para o match tie break, mais uma vez muito disputado e definido apenas nos pontos finais. Melo e Kubot reverteram a desvantagem no 8/7, empataram em 8/8, passaram à frente, marcando 9/8, e fecharam em 10/8 para avançar as quartas de final.

“Fiquei muito feliz, mais uma vez, com o nosso desempenho. Encaramos uma dupla realmente muito difícil, o Nishikori, junto com Verdasco, este vindo de uma semifinal de Roland Garros, sabe muito bem jogar uma dupla, com seu saque de canhoto, e desempenhamos bem o nosso jogo. No match tie break, conseguimos usar a confiança conquistada com o título na Holanda, na grama, para reverter a desvantagem no 8/7 e vencer. Isso nos deixa mais confiantes ainda. Assim, a estreia foi muito boa e, agora, é seguir com tudo para a próxima rodada”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT).