Marcelo Melo confirma presença no Rio Open 2019

Marcelo na edição 2018 do torneio (Foto: João Pires / Fotojump)
O mineiro Marcelo Melo disputará pela sexta vez o Rio Open, torneio ATP 500 que, em 2019, será realizado entre os dias 18 e 24 de fevereiro, nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ). Marcelo joga o Rio Open desde a primeira edição, em 2014. Em 2017 e 2018, teve ao lado o seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot – que ainda confirmará se estará no Brasil no próximo ano. Juntos chegaram duas vezes à quartas de final.

Marcelo buscará seu primeiro título no Rio Open nesta edição 2019. O principal resultado até agora foi o vice-campeonato, conquistado em 2014, jogando com o espanhol David Marrero. Em 2015, formou dupla com o austríaco Julian Knowle, parando na estreia. Em 2016, foi às semifinais com o também mineiro Bruno Soares.

“O Rio Open é um torneio muito especial, aqui no Brasil, e eu fico muito feliz em estar no Rio mais uma vez, em jogar na frente da torcida, que sempre está nos apoiando”, afirma Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo e Confederação Brasileira de Tênis.

Antes de ir para o Rio, Marcelo estará em Uberlândia (MG), integrando a equipe do Brasil que enfrentará a Bélgica, na Copa Davis, em busca de vaga no Grupo Mundial. Os jogos também serão no saibro, no ginásio Sabiazinho, nos dias 1 e 2 de fevereiro.

“Muito feliz em mais uma vez ser convocado para fazer parte da equipe. Todos sabem a importância que dou para a Copa Davis, um orgulho enorme em defender o Brasil”, garante.

Melo e Kubot estão jogando juntos desde o início da temporada 2017 e já confirmaram a continuidade da dupla em 2019. Na temporada 2018, conquistaram quatro títulos: ATP 250 de Sidney, na Austrália; ATP 500 de Halle, na Alemanha; ATP 500 de Beijing e Masters 1000 de Xangai, ambos na China. Nos Grand Slam, foram vice-campeões no US Open, em Nova Iorque (EUA).

Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão na final de Madri, a terceira seguida

Dupla foi beneficiada pelo wo dos adversários da semifinal (Foto ATP Tour/Getty Images)
O mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot estão na terceira final seguida de torneios ATP 1000. Eles foram beneficiados pelo wo dos adversários da semifinal, Nick Kyrgios (AUS) e Jack Sock (EUA), pois Kyrgios informou à organização do torneio de Madri, na manhã deste sábado (13), que estava lesionado. Agora Melo e Kubot, vice-campeões em Indian Wells e campeões em Miami, ambos nos Estados Unidos, decidem a chave de duplas do Mutua Madrid Open neste domingo (14) diante dos franceses Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin, que superaram os espanhóis Feliciano e Marc Lopez, por 6/2 e 6/3.

“Com a lesão do Nick, ganhamos um dia de treino e queremos continuar jogando da melhor maneira possível para conquistar mais um título nesta temporada. Vamos ficar bem focados e nos preparar para chegar com tudo para a final de amanhã (domingo)”, explicou Melo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

Para chegar à final de Madri, a dupla foi bye na primeira rodada. Venceu os norte-americanos Brian Baker e Nicholas Monroe nas oitavas de final, por 6/3 e 6/4, e superou nas quartas o croata Ivan Dodig, ex-parceiro de Melo, e o espanhol Marcel Granollers, por 6/1 e 6/4. No ano passado, Melo e Dodig chegaram às semifinais de Madri.

Melo é brasileiro mais bem colocado no ranking de duplas, ocupando a quinta colocação. Já Kubot é o atual 12º do mundo.

A dupla está na segunda colocação no ranking da ATP Doubles Team Race to London e quer aproveitar as próximas competições para somar pontos que garantam a participação no ATP Finals, que reúne as oito duplas mais bem classificadas ao final da temporada.

Eles iniciam por Madri uma gira europeia que terá, ainda, o Masters 1000 de Roma, Roland Garros, Torneio do Queens e Wimbledon.