Melo e McDonald se retiram do Australian Open após lesão do norte-americano

Dupla jogou dois torneios em Adelaide, antes do Australian Open (Foto @rakutenopen)

A dupla do mineiro Marcelo Melo e do norte-americano Mackenzie McDonald teve de se retirar do Australian Open, o primeiro Grand Slam do ano, em Melbourne, na Austrália. McDonald sofreu um estiramento abdominal quando disputava a partida de simples, na madrugada desta sexta-feira (20). Melo e McDonald enfrentariam, na primeira rodada, o croata Ivan Dodig e o norte-americano Austin Krajicek, cabeças de chave número 5. O próximo torneio de Melo deverá ser o ATP 250 de Córdoba, na Argentina, entre os dias 6 e 12 de fevereiro.

“Infelizmente, o Mackenzie machucou na simples, quase não conseguiu terminar o jogo e não vai poder jogar duplas. Um baque, realmente muito triste, por estarmos preparados e prontos. Jogamos muito bem os torneios preparatórios. Ele vinha muito bem em simples e empolgado para as duplas. Tomamos esse banho de água fria. Agora é esfriar a cabeça, dar uma relaxada e pensar nos próximos torneios. O meu será, provavelmente, em Córdoba”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio de Volvo, Head, Voss e Asics.

Este ano, na Austrália, Melo disputaria o 62º Grand Slam da carreira – recordista brasileiro. E seria sua 15ª participação no Australian Open, que segue até o dia 29 deste mês, em Melbourne.

Melo e McDonald jogariam o quarto torneio juntos. Neste início de temporada, estiveram em dois ATP 250 na cidade australiana de Adelaide, preparatórios para o Grand Slam. Em outubro do ano passado, a dupla foi campeã no ATP 500 de Tóquio, no Japão.

Em 2023, Melo joga a 17ª temporada seguida como profissional. No ranking mundial de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), tem 1.940 pontos, na 39ª colocação.

Marcelo Melo, recordista brasileiro, joga o 62º Grand Slam da carreira, o 15º na Austrália

 

McDonald e Melo jogam quarto torneio juntos, primeiro Grand Slam (Foto Divulgação)

O mineiro Marcelo Melo entra em quadra na edição 2023 do Australian Open para disputar o 62º Grand Slam da carreira – recordista brasileiro. Será a 15ª participação de Melo no torneio na Austrália e, nesta temporada, estará ao lado do norte-americano Mackenzie McDonald, em seu primeiro Grand Slam juntos.

A chave foi divulgada neste domingo (15), com Melo e McDonald, convidados pela organização, estreando diante do croata Ivan Dodig e do norte-americano Austin Krajicek, cabeças de chave número 5, em data a ser definida. Dodig foi o parceiro de Melo no ano passado. O Australian Open começa nesta segunda-feira (16) e segue até o dia 29 deste mês, em Melbourne.

Depois de dois ATP 250 na cidade australiana de Adelaide, preparatórios para o Grand Slam, dando início à temporada, Melo e McDonald seguiram para Melbourne e treinam para essa estreia. A dupla disputa o quarto torneio junta, campeã em outubro do ano passado no ATP 500 de Tóquio, no Japão. E vem jogando muito bem, confiante em bons resultados, agora no Grand Slam.

Em Adelaide, o mineiro e o norte-americano chegaram à semifinal no primeiro torneio e pararam nas oitavas de final no segundo, somando boas atuações e entrosamento.

“Foi muito bom ter feito esses jogos em Adelaide, para nossa parceria pegar mais entrosamento, mais experiência. Agora, é focar no Grand Slam, motivado por essas atuações no início da temporada, com confiança em bons resultados, porque estamos jogando muito bem juntos”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio de Volvo, Head, Voss e Asics.

Em 2023, Melo disputa a 17ª temporada seguida como profissional. No ranking mundial de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo tem 1.940 pontos, na 39ª colocação.