Em jogo muito equilibrado, Melo e Klaasen param diante dos cabeças de chave 2 na estreia na Espanha

Melo segue agora para Wimbledon (Foto Thiago Ribeiro – @agothi21)
Um jogo muito equilibrado, decidido apenas em um disputado match tie-break. Foi assim a estreia de Marcelo Melo e Raven Klaasen no ATP 250 de Maiorca, em Palma de Maiorca, na Espanha. O mineiro e o sul-africano pararam neste domingo (19) diante dos alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, cabeças de chave 2, em mais um torneio na grama preparatório para Wimbledon. Krawietz e Mies marcaram 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (7-9), 6/3 e 11-9. Melo e Klaasen voltam agora suas atenções para o Grand Slam, onde serão cabeças de chave 16, com início no próximo dia 27, em Londres, na Inglaterra.

“Hoje foi um jogo, no fundo, muito bom. Porém, tivemos algumas chances que não aproveitamos, incluindo um match-point, que acabou sendo decisivo. Quando você joga com times desse nível, realmente isso acontece. Uma pena porque foi um bom jogo. Agora é treinar para Wimbledon, nosso próximo objetivo”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

No primeiro set, Melo e Klaasen quebraram no segundo game, abrindo em seguida 3/0. Os adversários devolveram o break no nono game, 5/4, empataram e a definição foi para um equilibrado tie-break. O mineiro e o sul-africano salvaram dois set-points para, depois, fechar em 9-7. No segundo set foram os alemães que conseguiram a quebra no segundo game e, com essa vantagem, venceram por 6/3. No último game, Melo e Klaasen tiveram oportunidade de break, mas Krawietz e Mies salvaram. O jogo foi, então, para um disputado match tie-break, com as duas duplas com chances de vitória. Melo e Klaasen tiveram um match-point, quando ganhavam por 9-8, mas os adversários salvaram, viraram e marcaram 11-9.

O mineiro e o sul-africano retomaram a parceria para a temporada deste ano na grama, após terem jogado juntos por duas semanas em 2015, comemorando dois títulos: no Masters 1000 de Xangai, na China, e no ATP 500 de Tóquio, no Japão. Agora em 2022, disputaram o ATP 250 de ‘s-Hertogenbosch, na Holanda, chegando à semifinal, e o ATP 250 de Maiorca, antes de seguirem para o Grand Slam.

Melo ocupa a 39ª colocação no ranking mundial individual de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.250 pontos. Klaasen, 39 anos, é o atual número 43 do mundo, com 1.935 pontos.

Melo e Klaasen enfrentam dupla alemã na estreia neste domingo em Palma de Maiorca, na Espanha

Melo joga o segundo torneio na grama, pela primeira vez em Maiorca (Foto Edwin Verhoef)
O mineiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen voltam à quadra neste domingo (19). A dupla estreia no ATP 250 de Maiorca, em Palma de Maiorca, na Espanha, em seu segundo torneio na grama, preparatório para Wimbledon. Os adversários serão os cabeças de chave 2, os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, em jogo por volta das 10h (horário de Brasília). Será a primeira vez na carreira que Melo disputa o torneio na cidade espanhola. Antes de Maiorca, o mineiro e o sul-africano jogaram em ‘s-Hertogenbosch, na Holanda, chegando à semifinal. E, da Espanha, seguem para o mais tradicional Grand Slam da temporada, entre os dias 27 deste mês e 10 de julho, em Londres, na Inglaterra, onde serão cabeças de chave 16.

Melo e Klaasen estão em Maiorca desde quinta-feira (16), treinando para essa estreia. “Vamos que vamos, em mais um torneio na grama, visando Wimbledon”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

O mineiro e o sul-africano retomaram a parceria para a temporada deste ano na grama, após terem jogado juntos por duas semanas em 2015, comemorando dois títulos: no Masters 1000 de Xangai, na China, e no ATP 500 de Tóquio, no Japão.

Melo ocupa a 39ª colocação no ranking mundial individual de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.250 pontos. Klaasen, 39 anos, é o atual número 43 do mundo, com 1.935 pontos.