Melo e Kubot garantem vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Roma

Dupla conquistou sua segunda vitória na Itália (Foto: Divulgação)
Com uma atuação segura, superando os momentos difíceis e aproveitando as chances ao longo do jogo, o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot avançaram nesta quinta-feira (16) para as quartas de final do Masters 1000 de Roma, na Itália. Em partida adiada do dia anterior, por causa das chuvas que cancelaram toda a rodada, Melo e Kubot – cabeças de chave número 1 – derrotaram os austríacos Jurgen Melzer e Dominic Thiem por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/3, em 1h13min.

Foi a segunda vitória de Melo e Kubot diante de Melzer e Thiem nesta temporada – antes ganharam nas oitavas de final do Masters 1000 de Monte Carlo, em abril. Agora, aguardam os vencedores do jogo desta sexta-feira (17) entre os argentinos Guido Pella e Diego Schwartzman e o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers (cabeças 8) para buscar um lugar na semifinal também nesta sexta.

“Hoje conseguimos imprimir o mesmo ritmo de Monte Carlo, quando jogamos contra eles. Foi uma excelente partida. Aproveitamos as oportunidades, mesmo saindo abaixo no primeiro set. Voltamos e ficamos firmes, dominando no segundo. Felizes por ter entrado com uma maneira de jogar e ter conseguido impor nosso jogo. Agora é aguardar a definição dos adversários e ir com tudo amanhã (sexta)”, explicou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais e Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Kubot saíram de uma desvantagem de 5/2 no primeiro set para confirmar seu favoritismo, vencer a série inicial e dominar até comemorar pela segunda vez nesta temporada uma vitória em Roma. Os adversários conseguiram a quebra no segundo game, abriram depois 3/0, administraram a vantagem, com 5/3 e saque para fechar o set. Mas veio a reação: Melo e Kubot ganharam cinco games seguidos, com dois breaks, para virar e vencer por 7/5 em 41 minutos. No segundo set, o domínio desde o início foi de Melo e Kubot: quebraram no terceiro game, marcando 2/1, abrindo, na sequência, 3/1, até o 5/3. Com mais um break, fizeram 6/3 e fecharam o jogo em pouco mais de uma hora.