Melo e Kubot param nas quartas de final do Masters 1000 de Roma

Dupla jogou cinco semanas seguidas no saibro europeu (Foto: Divulgação)
A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot – cabeça de chave número 1 – foi derrotada nesta sexta-feira (18) pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah nas quartas de final do Masters 1000 de Roma, na Itália. Cabal e Farah – sextos pré-classificados – marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/5, após 1h29min de jogo. Agora, na sequência de torneios no saibro europeu, Melo e Kubot passam a se preparar para a disputa do segundo Grand Slam do ano, Roland Garros, que começa no dia 27 deste mês, em Paris, na França, em que o mineiro tem um título, conquistado em 2015, jogando ao lado do croata Ivan Dodig.

“Hoje (sexta) não deu para nós. Até começamos quebrando. Aí deixamos quebrar logo no início, de volta. Poderia ser realmente diferente. Mas, eles jogaram melhor. Conseguiram dominar a maior parte do jogo. Chegamos até quebrar de volta, mas eles estiveram melhor hoje. Agora temos um tempo de descanso até Roland Garros, para chegar lá da melhor maneira possível, após jogar cinco semanas seguidas”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Kubot conseguiram uma quebra logo no primeiro game do jogo. Mas, os colombianos devolveram em seguida e, no quarto game, com mais um break, abriram 3/1, vencendo o primeiro set por 6/3 em 34 minutos. Veio a segunda série e a busca pela reação. Os adversários foram os primeiros a quebrar, marcando 2/1. Melo e Kubot devolveram o break no oitavo game, empatando em 4/4 e, em seguida, marcando 5/4, partindo para a virada. Só que uma nova quebra dos adversários, no 11º game, inverteu novamente o placar e, na sequência, Cabal sacou para fazer 7/5 e comemorar a vaga na semifinal em Roma. Foi a segunda vitória seguida dos colombianos nesta série de disputas na Europa. Venceram, também, pelas quartas de final, no Masters 1000 de Madri, na Espanha.

Após estreia equilibrada, Melo e Kubot buscam vaga na semifinal em Roma

Melo e Kubot, felizes com a vitória na estreia (Foto: João Pires / Fotojump)
Após enfrentar um jogo muito equilibrado, decidido no match tie-break, a dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot – cabeça de chave número 1 – estreou com vitória no Masters 1000 de Roma, na Itália. Nesta quinta-feira (17), em partida pela segunda rodada, o mineiro Melo e o polonês Kubot venceram o mexicano Santiago Gonzalez e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7-4), 6/7 (5-7) e 10-2, em 2h10min, para garantir lugar nas quartas de final.

Agora, buscam a vaga na semifinal de Roma, por volta de 8h30(horário de Brasília) desta sexta-feira (18), diante dos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah (cabeças de chave 6). Se chegaram à semifinal, Melo e Kubot terão pela frente os ganhadores entre as parcerias do finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers e a do brasileiro Bruno Soares e o inglês Jamie Murray.

“Mais um belo jogo nosso, com um pouquinho de altos e baixos, mas conseguimos manter a média e passar. Foram algumas chances na frente, outras atrás, e mesmo assim tivemos calma, depois de perder o match point no segundo set, para ir para o match tie-break, o que foi muito importante. Aí jogamos o que realmente costumamos jogar. Ficamos muito felizes com a vitória e agora é seguir com tudo, da mesma maneira ou melhor, para poder ir mais longe no torneio”, analisou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

O jogo – A partida desta quinta-feira teve muito equilíbrio nos dois primeiros sets. Melo e Kubot, que estrearam direto na segunda rodada do Masters 1000, venceram a primeira série, no tie-break, após Gonzalez e Qureshi conseguirem uma quebra no sexto game, mas o mineiro e o polonês devolverem o break em seguida, no sétimo, deixando tudo igual e definindo depois em 7/6 (7-4). No segundo set, nenhuma quebra. Quando ganhavam por 6/5, Melo e Kubot tiveram um match point, salvo pela dupla adversária que estava no saque, levando mais uma vez a definição para o tie-break. Desta vez, com vitória de Gonzalez e Qureshi: 7/6 (7-5).

Mas, Melo e Kubot não sentiram a derrota no segundo set, mantiveram a calma e entraram com tudo no match tie-break, não dando qualquer chance aos adversários. Abriram 5/0, dominaram o jogo, sem ser ameaçados em nenhum momento, fechando em 10-2 para comemorar a primeira vitória em Roma.