Em batalha de quase 4h, Melo e Kubot jogam muito, mas croatas avançam à semifinal de Wimbledon

Kubot e Melo, boa campanha em Wimbledon (Foto Divulgação)
A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot se despediu nesta terça-feira (6) de Wimbledon em jogo que vai ficar na memória. A vaga para a semifinal desta edição 2021 não veio. Mas, o mineiro Melo e o polonês Kubot – cabeças de chave número 8 – reviveram as grandes atuações da parceria, no segundo torneio desde que decidiram voltar a jogar juntos nesta temporada. Foram 3h41min de partida, pelas quartas de final, em que os croatas Nikola Mektic e Mate Pavic – a melhor dupla do mundo no momento – conseguiram a virada para avançar, marcando 3 sets a 2, parciais de 3/6, 4/6, 6/4, 7/6 (7-4) e 6/4, após muito equilíbrio e alto nível técnico.

Com confiança, firmeza, sacando e devolvendo muito bem, Melo e Kubot venceram os dois primeiros sets diante da dupla que é considerada o destaque da temporada, cabeça 1 em Wimbledon. Fecharam em 6/3 e 6/4, com uma quebra em cada set. E foram melhores no terceiro. Mas, com um break, no game decisivo, os croatas garantiram a vitória por 6/4 e levaram o jogo para o quarto set, iniciando a virada – antes, no game anterior, salvaram duas chances de quebra de Melo e Kubot.

Os dois sets finais foram muito equilibrados, com Melo e Kubot buscando parar a reação iniciada pelos adversários. No quarto set, o oitavo game teve nada menos do que 15 minutos e o mineiro e o polonês salvaram cinco break points para empatar em 4/4. A decisão foi para o tie-break e a vitória acabou ficando com Mektic e Pavic. No quinto, mais uma vez, uma única quebra definiu o set e, também, o jogo. Com o break no nono game, os croatas marcaram 5/4 e venceram, na sequência, 6/4.

“Foi por pouco hoje. Quadra lotada, uma emoção incrível”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

Campeões de 2017, Melo e Kubot jogaram juntos pelo quarto ano no Grand Slam, em Londres, na Inglaterra, em que Marcelo participou pela 14ª vez. Agora, as atenções de Melo estarão voltadas para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em que representará o Brasil – em sua quarta Olimpíada -, pela terceira vez formando dupla com o também mineiro Bruno Soares, em busca de uma inédita medalha.

No ranking mundial individual de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo está em 19º lugar, com 5.040 pontos. Kubot é o 17º, com 5.130.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *