Melo e Tecau avançam para as oitavas do Australian Open em Melbourne

Dupla está na terceira rodada na Austrália (Foto: Divulgação)
Com ótima atuação, impondo seu ritmo desde o início do jogo, o mineiro Marcelo Melo e o romeno Horia Tecau derrotaram o moldavo Radu Albot e o britânico Daniel Evans e avançaram para as oitavas de final do Australian Open na madrugada deste sábado (13). Em partida válida pela segunda rodada do Grand Slam, no Melbourne Park, os cabeças de chave número 7 marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 7/6 (7-2), em 1h13min. Os próximos adversários serão o croata Ivan Dodig – de quem Melo já foi parceiro – e o eslovaco Filip Polasek – cabeças 9 -, que venceram os britânicos Luke Bambridge e Dominic Inglot também por 2 a 0 (6/4 e 7/5).

Na madrugada deste domingo (14), Melo volta à quadra para a estreia nas duplas mistas. Às 3h (horário de Brasília), ao lado da russa Vera Zvonareva, enfrenta a chinesa Yitan Xu e o argentino Maximo Gonzalez. O primeiro Grand Slam do ano começou na segunda-feira (8) e será disputado até o dia 21 deste mês, em Melbourne, na Austrália.

“Jogamos muito bem hoje, desde o primeiro ponto. Foi a mesma maneira que conseguimos começar o jogo de estreia e a forma como atuamos na primeira rodada do torneio anterior. Impusemos nosso ritmo desde o início. Acho que foi muito bom o jogo. Contornamos bem o tie-break. Fomos agressivos desde o começo, como temos de jogar. O Horia é um jogador agressivo, saca muito bem. Usamos todas as oportunidades que tivemos para jogar bem”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

“Estamos muito felizes com essa atuação e, agora, é tentar jogar da mesma maneira o próximo. Amanhã tenho mista, com a Vera Zvonareva. Então vai ser bom para poder continuar pegando cada vez mais ritmo aqui na Austrália”, completou.

Melo e Tecau dominaram totalmente o primeiro set. Com duas quebras, no segundo e no quarto games, fecharam a série em 6/1. O segundo foi bem mais equilibrado, e a definição ficou para o tie-break. Mais uma vez, os cabeças de chave 7 impuseram seu ritmo, sem dar chances aos adversários, marcando 7-2 para vencer o segundo set por 7/6 (7-2), garantir a vaga na terceira rodada em Melbourne e ir em busca de um lugar nas quartas de final em dia e horário a serem definidos.

Com este resultado, Melo superou a performance do ano passado em Melbourne. Ao lado do polonês Lukasz Kubot, com quem formou dupla até o final da temporada 2020, ele parou na segunda rodada no Grand Slam. Seu melhor resultado no Australian Open foi a semifinal em 2015, ao lado do croata Ivan Dodig, justamente seu próximo adversário.

É a 13ª participação de Melo no Australian Open, a primeira com Tecau. Melo joga com Tecau já que seu novo parceiro a partir de 2021, o holandês Jean-Julien Rojer, será pai e não viajou para a Austrália. Assim, iniciarão a parceria após o Grand Slam. No ranking mundial individual de duplas divulgado na segunda-feira pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo aparece na nona colocação, com 5.880 pontos. Tecau é o 23º, com 4.205, e Rojer o 24º, com 4.160 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *