Kubot agradece parceria e Daniel Melo destaca cumplicidade, profissionalismo e dedicação da dupla

Momento marcante da dupla, com o título de Wimbledon (Foto: Divulgação)
Após encerrarem sua participação no ATP Finals, na quinta-feira (19), o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot anunciaram o fim da parceria de quatro anos. Na O2 Arena, em Londres, na Inglaterra, Daniel Melo, irmão e técnico de Marcelo, acompanhou de perto toda a emoção da última vitória da dupla. E destaca os muitos pontos positivos e os momentos que ficarão na memória. Já Kubot fez questão de demonstrar, em palavras, tudo o que viveram nessa história, agradecendo as quatro temporadas em que jogou ao lado de Marcelo.

“Obrigado Campeão, pelos últimos quatro anos jogando juntos! Passamos por momentos felizes e tristes juntos. Não foi fácil, mas quem disse que seria?! Nós nos sacrificamos muito – especialmente você comigo. Construímos uma grande amizade em nossa “Jornada dos Sonhos”. Foi uma honra dividir o mesmo lado da quadra com você Campeão! Tudo de bom para o seu futuro”, afirmou Kubot.

Técnico de Marcelo desde 2007, Daniel relembrou um pouco dessa trajetória. “Uma parceria de muito sucesso e êxito, com a conquista de 15 títulos, entre os quais Wimbledon. E, para isso, foram muito importantes a cumplicidade, o profissionalismo e a dedicação que tiveram ao longo desses anos. Entre os muitos momentos, sem dúvida nenhuma, Wimbledon e a chegada ao posto de número 1 do mundo em 2017 são os que mais ficarão na memória”.

Na memória, também, o jogo de despedida nesta edição 2020 do Finals. “Foi uma partida diferente em todos os aspectos. Sabíamos que era o último jogo e, então, queríamos que terminasse da melhor forma. E foi decidido nos detalhes, com pontos incríveis no final e eles acabaram ganhando. Emocionante e merecido encerrar a parceria com vitória”, observou.

Ao longo dessas quatro temporadas, em 2017, Daniel recebeu o prêmio de melhor treinador do ano pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), temporada em que a dupla conquistou seis títulos, terminou como número 1 do mundo, com Marcelo na liderança do ranking mundial individual de duplas, seguido por Kubot em segundo.

Final da parceria e, também, o término de uma temporada marcada pela pandemia da Covid-19, com paralisação do circuito e mudanças no calendário. “Uma situação difícil para todo mundo. E, claro, para eles também. Começaram jogando muito bem o primeiro trimestre, com o título do ATP 500 de Acapulco. Depois houve a pausa de cinco meses por conta da Covid-19 e, quando voltaram, faltou ritmo de jogo, entrosamento e sequência de vitórias para embalar”, explicou.

As boas atuações e resultados voltaram nos torneios em quadra dura e indoor, na Europa, a partir de outubro. “Passada a turbulência veio a final do ATP 250 de Colônia, foram campeões do ATP 500 de Viena e chegaram à semifinal do Masters 1000 de Paris. Uma performance excelente, coroada com a oitava participação seguida de Marcelo no Finals. Agora é descansar, logo treinar e começar com tudo a temporada 2021”, completou Daniel.

Concorrendo como a melhor dupla eleita pelo público – Melo e Kubot estão concorrendo ao Fans’ Favourite Awards 2020, o prêmio da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) que define – em simples e duplas – os eleitos pelo público como seus favoritos do ano. A votação pode ser feita até o dia 11 de dezembro no https://www.atptour.com/en/news/atp-awards-2020-fans-favourite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *