Melo e Kubot estão nas oitavas de final em Wimbledon

Dupla busca agora vaga nas quartas de final (Foto: Gerry Weber Open_Ket)
Em mais um jogo muito difícil, repetindo a estreia, o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot garantiram um lugar nas oitavas de final do torneio de Wimbledon, em Londres, na Inglaterra. Nesta sexta-feira (5), os cabeças de chave número 1 avançaram para a terceira rodada do Grand Slam após 3h26min, vencendo os australianos Alex de Minaur e Matt Reid de virada, por 3 sets a 1, parciais de 6/7 (11-13), 6/4, 6/3 e 7/6 (12-10). Campeões de 2017, Melo e Kubot agora terão como adversários, na próxima semana, o gaúcho Marcelo Demoliner e o indiano Divij Sharan. O encontro entre os brasileiros vale vaga nas quartas de final. Demoliner e Sharan ganharam dos belgas Sander Gille e Joran Vliegen também por 3 a 1 – 7/6 (7-1), 5/7, 7/6 (8-6) e 6/4.

“Um jogo duríssimo hoje, em todos os aspectos. Tivemos alguns altos e baixos, mas acho que no geral foi mais uma bela partida. Podíamos ter aproveitado melhor a oportunidade no primeiro set, quando tivemos alguns breaks, duas vezes 15/40, e um set point no tie-break. Acho que esse foi o único detalhe que podíamos ter feito melhor. Depois conseguimos imprimir mais o jogo, cadenciar e ficar sólido no tie-break do quarto set. Após quatro sets, jogar um tie-break longo e sólido assim, foi muito bom para nós”, analisou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG, Itambé e Taroii, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, VOSS e Confederação Brasileira de Tênis.

No primeiro set, a vitória veio no tie-break para os australianos Minaur e Reid, que marcaram 7/6 (13-11) para sair na frente na partida. A reação de Melo e Kubot começou na segunda série, com uma quebra no quinto game, 3/2, administrando a vantagem e marcando 6/4 para empatar. No terceiro, com um break no terceiro game, 2/1, abriram na sequência 3/1, para fechar depois em 6/3. Um quarto set com um tie-break muito disputado definiu o confronto. Melo e Kubot salvaram set points dos adversários, com Minaur e Reid salvando dois match points, até vencerem por 12-10 e comemorarem a vaga na terceira rodada, superando a campanha do ano passado e dando mais um passo no sonho do segundo título em Wimbledon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *