Melo e Kubot encerram participação no ATP Finals com vitória diante de Marach e Pavic

Dupla jogou muito bem nesta sexta-feira (Foto: Divulgação / ATP)
Marcelo Melo e Lukasz Kubot precisavam vencer o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic por 2 sets a 0 para continuar sonhando com a classificação para as semifinais do ATP Finals. Venceram. Terminaram a primeira fase com uma vitória e duas derrotas, no Grupo Knowles/Nestor. Mas, acabaram encerrando sua participação, na O2 Arena, em Londres, na Inglaterra, pelo critério de desempate, de porcentagem de games. Melo e Kubot – cabeças de chave 3 – marcaram 7/6 (7-4) e 6/4, em 1h40min, nesta sexta-feira (16), jogando muito bem na despedida do torneio e da temporada.

Foi a terceira vitória do ano diante de Marach e Pavic – cabeças 1 e melhor dupla de 2018 – as outras duas na final do ATP 500 de Beijing e na semifinal do Masters 1000 de Xangai, em que também foram campeões. Melo e Kubot encerram a temporada com a conquista de quatro títulos. Além de Beijing e Xangai, na China, comemoraram no ATP 250 de Sidney, Austrália, e no ATP 500 de Halle, na Alemanha, sendo ainda vice-campeões no Grand Slam norte-americano, o US Open.

“Ficamos felizes com a temporada que tivemos. Começamos o ano complicado, depois conseguimos terminar muito bem, especialmente classificando para o Finals. E hoje, com essa vitória, jogamos bem. Encerrar com uma vitória é sempre muito bom, especialmente em um Finals. Foi mais um excelente ano, muito feliz por estar aqui jogando pela sexta vez”, explicou Marcelo, patrocinado pela Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo e Confederação Brasileira de Tênis.

“Eu e o Lukasz continuamos firme em 2019 com a parceria. Logicamente queríamos ter classificado, mas não deu. Fizemos o que foi possível. Agora é descansar para começar bem a temporada ano que vem”, completou.

No Finals, Melo e Kubot perderam para os norte-americanos Mike Bryan e Jack Sock, na estreia, e para os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, na segunda rodada, e passaram a depender de uma combinação de resultados e do percentual de games vencidos para seguir no torneio. Bryan e Sock estão classificados para as semifinais. Marach/Pavic e Herbert/Mahut disputam a outra vaga. Grupo termina nesta tarde com o jogo entre Bryan/Sock e Herbert/Mahut.

Na terceira rodada da fase de grupos, Melo e Kubot fizeram sua melhor partida no ATP Finals deste ano. Começaram o jogo com um break, viram os adversários devolverem no quarto game e a definição ir para o tie-break, quando dominaram para marcar 7/6 (7-4), iniciando o segundo set buscando ainda manter as chances de classificação. Jogando com confiança, muita determinação, não se abalaram quando foram quebrados no terceiro game, empataram em 3 a 3 e, com mais uma break, fecharam em 6/4 para garantir a primeira vitória no Finals.

O torneio reúne as oito melhores parcerias da temporada, tradicionalmente encerrando o ano, e será disputado até este domingo (18). Na primeira fase, as duplas são divididas em dois grupos, jogando todas contra todos dentro da chave. As duas melhores de cada um disputam as semifinais, neste sábado (17), com a decisão do título no domingo.

Esta foi a sexta participação seguida de Melo no Finals – recordista entre os brasileiros –, a quinta de Kubot e a segunda jogando juntos – terminaram como vice-campeões no ano passado. Marcelo foi vice, também, em 2014, ao lado do croata Ivan Dodig. Melo e Kubot estão na terceira colocação no ranking mundial de duplas. A liderança é de Marach e Pavic. No ranking mundial individual de duplas, dividem a sétima colocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *