Marcelo Melo disputa o Finals pelo sexto ano seguido, mais um recorde na carreira

Vice-campeões do Finals em 2017 (Foto: Divulgação)
O mineiro Marcelo Melo disputará, pela sexta vez consecutiva, o ATP Finals, torneio que encerra a temporada em Londres, na Inglaterra, e que nesta edição 2018 será realizado entre os dias 11 e 18 de novembro – a segunda ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot, que estará na capital inglesa pela quinta vez. Melo joga o Finals desde 2013 e é o recordista brasileiro em participações, sendo duas vezes vice-campeão (no ano passado, com Kubot, e em 2014, com o croata Ivan Dodig). O também mineiro Bruno Soares esteve em quatro edições até agora e o catarinense Gustavo Kuerten em três ao longo da carreira (em simples).

O maior número de participações no Finals entre os brasileiros é mais um recorde na carreira de Marcelo, que lidera na conquista de títulos na ATP, com 32, e em Masters 1000, com nove. E, neste ano, passou a ser também o tenista brasileiro com maior número de semanas no topo do ranking mundial – 56. No Finals, foram quatro edições ao lado de Dodig (2013 a 2016) e duas com Kubot (2017 e, agora, 2018).

“Mais um ano qualificados para o Finals. Muito feliz com a classificação, nosso objetivo desde o início da temporada”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo e Confederação Brasileira de Tênis.

No ranking mundial de duplas, que define os oito classificados para o Finals, Melo e Kubot subiram três posições, após o título no Masters 1000 de Xangai, no domingo, e aparecem agora em terceiro lugar, na atualização desta segunda-feira (15), com 5.070 pontos e já com a vaga garantida. A liderança é do austríaco Oliver Marach e do croata Mate Pavic, com 7.250 pontos, com os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah em segundo, com 5.830 pontos.

Já no ranking mundial individual de duplas, Melo e Kubot subiram uma posição e dividem o quarto lugar, com 6.600 pontos. A liderança é do norte-americano Mike Bryan, com 9.350 pontos, seguido de Marach (7.140), em segundo, e Pavic (6.890), em terceiro.

Antes do Finals, Melo e Kubot disputam dois torneios: o ATP 500 de Viena, na Áustria, a partir do dia 22, em que já foram duas vezes campeões (2015 e 2016), tendo chegado até as quartas de final no ano passado, e o Masters 1000 de Paris, com início no dia 29, em que comemoraram o título em 2017.

A dupla vem de duas conquistas seguidas na China, campeã do ATP 500 de Beijing, no dia 7, e do Masters 1000 de Xangai, no domingo (14), totalizando oito vitórias. No ano são quatro títulos: além dos dois torneios chineses, venceram o ATP 250 de Sidney, na Austrália, e o ATP 500 de Halle, na Holanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *