Campeão em 2017, Marcelo Melo joga Wimbledon pela 15ª vez na carreira

Melo treina em Wimbledon com Klaasen (Foto Divulgação)
Marcelo Melo está de volta a Wimbledon. Esta semana, o mineiro inicia sua 15ª participação no mais tradicional Grand Slam da temporada. Desta vez, terá ao seu lado o sul-africano Raven Klaasen, com quem disputou os torneios preparatórios na grama. Um Grand Slam muito especial para Melo. Em 2017, realizou o sonho de ser campeão em Wimbledon, jogando com o polonês Lukasz Kubot. E tem, também, um vice-campeonato com o croata Ivan Dodig.

Em Londres, na Inglaterra, desde o final da semana passada, Melo e Klaasen treinam para a estreia nesta edição 2022, ainda em data a ser definida. Logo na primeira rodada, a dupla enfrentará os cabeças de chave 5, o neozelandês Michal Venus e o alemão Tim Puetz, buscando avançar no torneio. E está no mesmo lado da chave dos cabeças 2, os croatas Nikola Mektic e Mate Pavic.

“Jogamos dois torneios na grama e, agora, fica a expectativa para a estreia em Wimbledon. Estamos treinando, visando esse próximo objetivo”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

Após formarem parceria por duas semanas em 2015, conquistando dois títulos (Masters 1000 de Xangai, na China, e ATP 500 de Tóquio, no Japão), o mineiro e o sul-africano decidiram voltar a jogar juntos nesta temporada na grama. Já estiveram no ATP 250 de ‘s-Hertogenbosch, na Holanda, chegando à semifinal, e no ATP 250 de Maiorca, na Espanha, parando na primeira rodada.

No ano passado, em Wimbledon, Melo chegou até as quartas de final, jogando com Kubot, torneio que disputa desde 2007 (em 2020 não houve edição por causa da pandemia da Covid-19).

O mineiro ocupa a 41ª colocação no ranking mundial individual de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.100 pontos. Klaasen, 39 anos, é o atual número 51 do mundo, com 1.685 pontos.

Em jogo muito equilibrado, Melo e Klaasen param diante dos cabeças de chave 2 na estreia na Espanha

Melo segue agora para Wimbledon (Foto Thiago Ribeiro – @agothi21)
Um jogo muito equilibrado, decidido apenas em um disputado match tie-break. Foi assim a estreia de Marcelo Melo e Raven Klaasen no ATP 250 de Maiorca, em Palma de Maiorca, na Espanha. O mineiro e o sul-africano pararam neste domingo (19) diante dos alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, cabeças de chave 2, em mais um torneio na grama preparatório para Wimbledon. Krawietz e Mies marcaram 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (7-9), 6/3 e 11-9. Melo e Klaasen voltam agora suas atenções para o Grand Slam, onde serão cabeças de chave 16, com início no próximo dia 27, em Londres, na Inglaterra.

“Hoje foi um jogo, no fundo, muito bom. Porém, tivemos algumas chances que não aproveitamos, incluindo um match-point, que acabou sendo decisivo. Quando você joga com times desse nível, realmente isso acontece. Uma pena porque foi um bom jogo. Agora é treinar para Wimbledon, nosso próximo objetivo”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

No primeiro set, Melo e Klaasen quebraram no segundo game, abrindo em seguida 3/0. Os adversários devolveram o break no nono game, 5/4, empataram e a definição foi para um equilibrado tie-break. O mineiro e o sul-africano salvaram dois set-points para, depois, fechar em 9-7. No segundo set foram os alemães que conseguiram a quebra no segundo game e, com essa vantagem, venceram por 6/3. No último game, Melo e Klaasen tiveram oportunidade de break, mas Krawietz e Mies salvaram. O jogo foi, então, para um disputado match tie-break, com as duas duplas com chances de vitória. Melo e Klaasen tiveram um match-point, quando ganhavam por 9-8, mas os adversários salvaram, viraram e marcaram 11-9.

O mineiro e o sul-africano retomaram a parceria para a temporada deste ano na grama, após terem jogado juntos por duas semanas em 2015, comemorando dois títulos: no Masters 1000 de Xangai, na China, e no ATP 500 de Tóquio, no Japão. Agora em 2022, disputaram o ATP 250 de ‘s-Hertogenbosch, na Holanda, chegando à semifinal, e o ATP 250 de Maiorca, antes de seguirem para o Grand Slam.

Melo ocupa a 39ª colocação no ranking mundial individual de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), com 2.250 pontos. Klaasen, 39 anos, é o atual número 43 do mundo, com 1.935 pontos.