Melo e Gonzalez param na segunda rodada em Roland Garros

Dupla jogou o segundo torneio junta, o primeiro Grand Slam (Foto @openparcauvergnerhonealpes)
O mineiro Marcelo Melo e o argentino Maximo Gonzalez – cabeças de chave 15 – pararam na segunda rodada de Roland Garros. Nesta quinta-feira (26), no Grand Slam em Paris, na França, o norte-americano Maxime Cressy e o espanhol Feliciano Lopez marcaram 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/4, em 1h22min. Nos dois últimos torneios da temporada europeia no saibro, no ATP 250 de Lyon e em Roland Garros, Melo e Gonzalez somaram quatro vitórias, sendo vice-campeões na cidade francesa na semana passada.

“Hoje começamos muito bem o jogo. Estávamos break acima, 4/3, e aí fizemos um game muito atípico. Tivemos dois ou três pontos que podíamos ter ganho e acabamos não ganhando. Demos a chance de break para eles e, depois, jogaram bem de novo. Então, iniciamos bem, estivemos na frente, mas deixamos eles voltar no jogo. Acho que foi mais um erro nosso, no primeiro set. No segundo ficou bem parelho e eles aproveitaram mais uma outra chance que demos para eles. Pecamos um pouquinho nesses momentos mais importantes de fim de set para continuar jogando da nossa maneira e concluir”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

“Foi uma pena. A gente vem jogando muito bem. Mas alto nível é assim mesmo. Uma pequena chance que você dá para os adversários, especialmente o Feliciano e o Cressy, que são dois excelentes jogadores também, acabam aproveitando e foi o que aconteceu hoje”, completou.

No set inicial, Melo e Gonzalez quebraram primeiro, 2/1, abrindo, em seguida, 3/1 e 4/2. Mas, no oitavo game, os adversários deixaram tudo igual, devolvendo o break para empatar em 4/4. E com nova quebra, no décimo game, venceram por 6/4. Na segunda parcial, equilíbrio, com as duas duplas mantendo os seus serviços. Com um único break, no game decisivo, Cressy e Lopez marcaram novamente 6/4 para fechar o jogo.

Foi o segundo torneio de Melo e Gonzalez juntos, o primeiro Grand Slam e a 16ª participação consecutiva do mineiro no Grand Slam, em que foi campeão na edição 2015, ao lado do croata Ivan Dodig.

Após a final no ATP 250 de Lyon, na semana passada, em que estreou a parceria com Gonzalez, Melo subiu cinco posições no ranking mundial individual de duplas, divulgado na segunda-feira (23) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), ocupando agora a 36ª colocação, com 2.048 pontos. Gonzalez é o número 22 do mundo, com 2.990 pontos.

Melo e Gonzalez buscam vaga nas oitavas de final nesta quinta-feira em Roland Garros

Melo e Gonzalez, motivados em busca de mais uma vitória (Foto Divulgação)
A dupla Marcelo Melo e Maximo Gonzalez volta à quadra nesta quinta-feira (26) em Paris, na França, na segunda rodada de Roland Garros. O mineiro e o argentino buscam vaga nas oitavas de final do Grand Slam às 6h (horário de Brasília) diante do norte-americano Maxime Cressy e do espanhol Feliciano Lopez.

Na terça-feira (24), Melo e Gonzalez – cabeças de chave número 15 – passaram pelo esloveno Aljaz Bedene e o sérvio Filip Krajinovic na primeira rodada e, agora, jogam motivados com a atuação da estreia.

“Ficamos muito felizes com a estreia e, agora, é continuar assim em busca de mais uma vitória”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Gonzalez estão disputando o segundo torneio juntos, o primeiro Grand Slam. Esta é a 16ª participação consecutiva de Melo em Roland Garros, torneio em que foi campeão na edição 2015, ao lado do croata Ivan Dodig.

Após a final no ATP 250 de Lyon, também na França, na semana passada, em que estreou a parceria com Gonzalez com um vice-campeonato, Melo subiu cinco posições no ranking mundial individual de duplas divulgado nesta segunda-feira (23) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), ocupando agora a 36ª colocação, com 2.048 pontos. Gonzalez é o número 22 do mundo, com 2.990 pontos.