Melo e Rojer realizam o primeiro treino em Roterdã, na Holanda

Dupla, motivada para iniciar a nova parceria (Foto: Divulgação)
O mineiro Marcelo Melo e o holandês Jean-Julian Rojer iniciam a sua nova parceria no ATP 500 de Roterdã, na Holanda, que será disputado a partir desta segunda-feira (1º). E, nesta sexta-feira (26) realizaram o primeiro treino juntos na cidade, preparando-se para a estreia, com adversário e dia ainda a serem definidos. Melo chegou esta semana a Roterdã, vindo de Melbourne, na Austrália, e pode entrar em quadra nesta sexta, para o treinamento, após o resultado negativo do teste da Covid-19.

“Hoje foi o primeiro treino que conseguimos fazer aqui em Roterdã, após pegar o resultado negativo de Covid. Eu e o Jean-Julian fizemos um belo treino. Agora é a fase de adaptação do nosso jogo. Mas, já nos conhecemos há muito tempo. Acho que não vai ser um empecilho para nossa dupla”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

“Estamos muito motivados, com ares novos. Acho que foi muito bom tanto para mim como para ele. Agora é ir com tudo. Passo a passo, construindo a dupla. Por mais que possa acontecer do resultado não vir agora, acho que temos boas chances de construir uma dupla muito forte, para brigar por títulos grandes”, completou.

Melo e Rojer já jogaram juntos uma única vez. Foi em abril de 2016, no ATP 250 de Munique, na Alemanha. No ranking mundial individual de duplas divulgado nesta segunda-feira (22) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo está em 11º lugar, com 5.970 pontos. Rojer aparece em 25º, com 4.160 pontos.

Nos dois primeiros torneios da temporada, na Austrália, neste mês de fevereiro, Melo formou dupla com o romeno Horia Tecau, disputando um ATP 250 e o Australian Open, ambos em Melbourne. Rojer não viajou porque estava prestes a ser pai. Agora, dão início à parceria anunciada após o término da temporada 2020.

Melo não jogou em Roterdã no ano passado. A última vez que esteve no torneio foi em 2019, com o polonês Lukasz Kubot, seu parceiro ao longo de quatro anos, até o final de 2020.

Marcelo Melo sai do Australian Open e começa nova parceria em Roterdã

Melo, agora, inicia dupla com Rojer (Foto: Divulgação)
Foram dois torneios na Austrália, ao lado do romeno Horia Tecau, no ATP 250 de Melbourne e no Australian Open. No Grand Slam, jogou também duplas mistas, com a russa Vera Zvonareva. Agora, o mineiro Marcelo Melo volta suas atenções para o início da parceria com o holandês Jean-Julien Rojer. A nova dupla estará junta pela primeira vez no ATP 500 de Roterdã, a partir do dia 1º de março, na Holanda.

Na madrugada desta terça-feira (16), Melo encerrou sua participação no Australian Open parando nas oitavas de final das duplas mistas, ao lado de Zvonareva. A norte-americana Desirae Krawczyk e o britânico Joe Salisbury marcaram 2 sets a 0, com um duplo 6/4, em 1h06min, na Margaret Court Arena, no Melbourne Park. Na chave masculina, com Tecau, chegou também até as oitavas.

“Eles simplesmente foram melhores que a gente hoje. Abrimos 2 a 0 no primeiro set, depois tivemos algumas oportunidades, poderia ter sido para nós, mas acabamos perdendo por 6/4 e, no segundo set, não tivemos praticamente chances”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

“Obrigado ao Australian Open pelo esforço incrível de colocar o torneio no lugar, para a Horia e a Vera jogarem comigo, foi um prazer! Adoro jogar aqui na Austrália!! Agora é hora de continuar!”, acrescentou Marcelo.

No primeiro set, Melo e Zvonareva abriram 2/0 com um break no segundo game. Os adversários devolveram a quebra na sequência, para depois empatar, 2 a 2. No sexto game, tiveram chances de break, mas Krawczyk e Salisbury salvaram e, na sequência, voltaram a quebrar, marcando 4/3 e fechando em 6/4. No segundo, um break no terceiro game garantiu a vantagem para a dupla adversária, que venceu novamente por 6/4 para avançar no torneio.

Melo e Zvonareva deixam o Grand Slam com uma vitória na estreia. Já com Tecau, Marcelo encerrou com duas vitórias no Australian Open a dupla que formaram apenas para os dois torneios em Melbourne neste início de ano. Antes jogaram um ATP 250, o Murray River Open, vencendo na estreia e parando nas quartas de final.