Melo jogará com Kubot no Rio Open

Dupla estará junta pelo segundo ano no Rio (Foto: Peter Staples / Getty Images)
O mineiro Marcelo Melo jogará o Rio Open com seu parceiro polonês Lukasz Kubot. Melo confirmou nesta sexta-feira (16) a presença de Kubot no torneio que será disputado na próxima semana, nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. Melo e Kubot terminaram a temporada passada como parceria número 1 do mundo e atualmente dividem a liderança do ranking mundial individual de duplas da ATP.

“Vamos estar juntos no Rio. Kubot me disse que sempre gostou muito de jogar no Brasil, que adora o País e que, com certeza, será bem legal disputar novamente o Rio Open”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Será o segundo ano em que Melo e Kubot formam dupla no Rio. Em 2017, eles chegaram até as quartas de final. Já Melo disputa o Rio Open desde que foi realizado pela primeira vez na cidade, em 2014, quando foi vice-campeão, jogando com o espanhol David Marrero, seu melhor resultado no torneio.

Atual líder do ranking mundial individual de duplas – juntamente com Kubot, recordista brasileiro em número de títulos da ATP no circuito – com 29 – e em semanas no topo do ranking – com 46 na carreira -, Melo já havia confirmado sua presença no final de janeiro e falado da felicidade em estar novamente no Rio. “Muito feliz, mais uma vez, em jogar o Rio Open, que é um torneio muito especial para nós brasileiros”, disse Marcelo

Melo e Kubot estão fora do ATP 500 de Roterdã

Kubot e Melo pararam nas quartas de final na Holanda (Foto: Divulgação)
O mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot – cabeças de chave 1 – foram eliminados nas quartas de final do ATP 500 de Roterdã, na Holanda, pelo croata Ivan Dodig e o norte-americano Rajeev Ram, por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 7/6 (7-5), em 1h47min. Foi um jogo equilibrado e definido nos detalhes, em que Dodig – que já foi parceiro de Marcelo – e Ram acabaram levando a melhor nos momentos decisivos. Agora, Melo viaja para o Brasil para a disputa do Rio Open, a partir da próxima semana.

O primeiro set seguiu sem quebras até o décimo segundo game, quando os adversários conseguiram o break para fazer 7/5 e sair na frente na partida. Na segunda série, Melo e Kubot partiram para a reação. Quebraram o serviço de Dodig e Ram no terceiro game e, na sequência, abriram 3/1. Mas, quando tiveram a chance de fechar o set, acabaram permitindo que os adversários devolvessem a quebra e a série voltou a ficar igual, salvando depois um match point para levar a decisão para o tie break. Aí, após oportunidades para as duas duplas, a vaga na semifinal ficou com Dodig e Ram, que marcaram 7/6 (7-5).

“Realmente foi um jogo muito duro, como nós esperávamos. Tivemos algumas poucas chances no primeiro set, outras no segundo. Inclusive uma para sacar para o set. Mas eles jogaram muito bem, sabíamos que era uma dupla extremamente experiente. Ivan e o Rajeev são dois jogadores de muito alto nível e hoje (quinta) acabou indo para o lado deles. Fizeram um belo tie break também. Foi um ponto para lá, outro para cá. E acabou sendo decidido nos detalhes”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.